Clorador


Embrapa desenvolve tecnologia em benefício ao homem do campo



Com criatividade e economia, pesquisadores da Embrapa Instrumentaçãoe Embrapa Pecuária Pecuária Sudeste, vinculadas ao Ministério da Agricultura e Abastecimento, desenvolveram um equipamento simples e eficiente para clorar a água nas propriedades rurais e evitar doenças comuns como diarréia, hepatite, tifo e salmonelose. O clorador de água pode ser montado pelo próprio usuário e a um custo muito baixo, por menos de R$ 50,00. Basta adquirir dois registros, uma torneira, tubulação e cloro granulado 60%. Na tubulação que recolhe a água da mina, é anexado uma espécie de funil por onde é colocado o cloro, em contato direto com a água. Depois segue para o reservatório. Em uma hora, a água estará isenta de germes e pronta para ser consumida.

O consumo de água clorada na proporção correta não é prejudicial e combate a contaminação por fezes humanas e de animais, que é muito comum. Preocupado com esta contaminação é que o pesquisador Antonio Pereira de Novaes desenvolveu o Clorador de Água.

Folder relacionado (Download)